OS 05 MAIORES TRAGÉDIAS DO MUNDO por Nanno Nascimento!!!

OS 05 MAIORES TRAGÉDIAS POR NANNO NASCIMENTO!

01 – “VOO FORÇA AÉREA URUGUAIA 571 – 13/10/1972”

aviao chile

O Voo Força Aérea Uruguaia 571, mais conhecido como Tragédia dos Andes ou Milagre dos Andes (El Milagro de los Andes), foi um voo fretado que transportava 45 pessoas, incluindo uma equipe de rugby, seus amigos, familiares e associados que caiu na Cordilheira dos Andes em 13 de outubro de 1972. Mais de um quarto dos passageiros morreram no acidente e vários sucumbiram rapidamente devido ao frio e aos ferimentos. Dos 29 que estavam vivos alguns dias após o acidente, oito foram mortos por uma avalanche que varreu o seu abrigo. O último dos 16 sobreviventes foi resgatado em 23 de Dezembro de 1972, mais de dois meses após o acidente.

Os sobreviventes tinham pouca comida e nenhuma fonte de calor em condições extremas, a mais de 3.600 metros (11.800 pés) de altitude. Diante da fome e notícias reportadas via rádio de que a busca por eles tinha sido abandonada, os sobreviventes alimentaram-se da carne dos passageiros mortos, que havia sido preservada na neve. As equipes de resgate não tiveram conhecimento da existência de sobreviventes até 72 dias depois do acidente quando os passageiros Fernando Parrado e Roberto Canessa, depois de uma caminhada de 10 dias através dos Andes, encontraram um chileno huaso, que lhes deu comida e, em seguida, alertou as autoridades sobre a existência dos outros sobreviventes.

Jornal uruguaio.
Muitas coisas tiveram que ser reinventadas, como: aprender a produzir água a essa baixíssima temperatura, fazer precários e insuficientes abrigos com o forro dos assentos. A falta de alimento os obriga o tomar uma difícil decisão, era a única opção que tinham para poder voltar a ver os seus entes queridos, alimentar-se com a carne dos falecidos. Aos 16 dias do acidente uma avalanche de neve sepulta todos, e outras 8 pessoas morrem por asfixia. Sabendo que tinham sido abandonados, escapar desse lugar estava inteiramente em suas mãos.

Finalmente dois dos sobreviventes conseguem atravessar a pé a Cordilheira dos Andes, com enorme sacrifício e em condições desumanas. Após andar 10 dias encontram um vaqueiro: Sergio Catalán. Concluem os 72 dias de fome, dor, sofrimento, desespero e… a esperança por um amanhã melhor.

02 – “RMS TITANIC – 15/04/1912”

TITANIC

O RMS Titanic foi um navio transatlântico da classe Olympic operado pela White Star Line e construído nos estaleiros da Harland and Wolff, em Belfast, na Irlanda do Norte. No seu lançamento, em 1911, o Titanic detinha o título de maior navio de passageiros do mundo. Na noite de 14 de abril de 1912, durante sua viagem inaugural, entre Southampton, na Inglaterra, e Nova York, nos Estados Unidos, chocou-se com um iceberg no Oceano Atlântico e afundou duas horas e quarenta minutos depois, já na madrugada do dia 15 de abril.

Com 2 223 pessoas a bordo,2 o naufrágio resultou na morte de 1 517 pessoas, hierarquizando-o como a maior catástrofe marítima já registrada em tempos de paz. O Titanic foi construído com algumas das mais avançadas tecnologias disponíveis na época e, por isso, foi popularmente referenciado como “inafundável”. Na verdade, um folheto publicitário de 1910 da White Star Line sobre o Titanic ajudou a embarcação a ganhar essa fama, pois alegava que ela era “praticamente inafundável”. Foi um grande choque para muitas pessoas o fato de que, apesar dos modernos recursos e experiente tripulação, o Titanic não só tenha afundado como também causado grande perda de vidas humanas. O frenesi da imprensa sobre as vítimas famosas do Titanic, as lendas sobre o que aconteceu a bordo do navio, as mudanças resultantes no direito marítimo, bem como a descoberta do local do naufrágio em 1985 por uma equipe liderada pelo Dr. Robert Ballard fizeram a história do Titanic persistir famosa desde então.

O naufrágio do navio causou enorme comoção na época e chocou a opinião pública. Nos anos seguintes, vários países adotaram leis para tornar as viagens marítimas mais seguras. Novos regulamentos para comunicação entre embarcações, quantidades mínimas de botes salva-vidas e outras medidas de segurança foram adotadas, sendo que algumas persistem até os dias atuais. O legado mais importante neste quesito foi a assinatura, em 1914, da Convenção Internacional para a Salvaguarda da Vida Humana no Mar, na qual várias nações estabeleceram protocolos unificados de segurança e resposta a acidentes em alto-mar.3

Muito se tem discutido, desde o acidente, sobre as causas da tragédia. Acredita-se que dois fatores deram grande contribuição: na noite do naufrágio, os vigílias do mastro não tinham binóculos à disposição, um item que poderia ter evitado o choque com o iceberg, se eles o tivessem visto 30 segundos antes. Além disso, o navio possuía um leme considerado pequeno para guiar uma embarcação daquele tamanho. Se fosse maior, o navio teria conseguido se desviar do obstáculo de gelo a tempo. Apesar do relato de muitos passageiros, até a descoberta do navio, acreditava-se que ele tivesse afundado inteiro, e não se partido em dois.

O fascínio pela trágica história do famoso transatlântico ficou demonstrado com a exibição nos cinemas de Titanic, em 1997, visto por quase 400 milhões de pessoas. Com o sucesso do filme, o interesse pelo Titanic intensificou-se ainda mais e fez surgir centenas de livros, estudos, debates e novas teorias a respeito da causa do naufrágio.

03 – “BOMBARDEAMENTOS EM HIROSHIMA E NAGASAKI – 06/08/1945”

hiroshima

Os bombardeamentos atômicos das cidades de Hiroshima e Nagasakinota 1 foram dois bombardeios realizados pelos Estados Unidos contra o Império do Japão durante os estágios finais da Segunda Guerra Mundial, em agosto de 1945. Foi o primeiro e único momento na história em que armas nucleares foram usadas em guerra e contra alvos civis.

Depois de uma campanha de bombardeios que destruiu várias cidades japonesas, os Aliados preparavam-se para uma invasão do Japão. A guerra na Europa terminou quando a Alemanha nazista assinou o acordo de rendição em 8 de maio de 1945, mas a Guerra do Pacífico continuou. Juntamente com Reino Unido e China, os Estados Unidos pediram a rendição incondicional das forças armadas japonesas na Declaração de Potsdam em 26 de julho de 1945, ameaçando uma “destruição rápida e total”.

Em agosto de 1945, o Projeto Manhattan dos Aliados tinha testado com sucesso um artefato atômico e produzido armas com base em dois projetos alternativos. O 509º Grupo Composto das Forças Aéreas do Exército dos Estados Unidos foi equipado com aeronaves Boeing B-29 Superfortress que poderiam ficar em Tinian, nas Ilhas Marianas. A bomba atômica de urânio (Little Boy) foi lançada sobre Hiroshima em 6 de agosto de 1945, seguido por uma explosão de uma bomba nuclear de plutônio (Fat Man) sobre a cidade de Nagasaki em 9 de agosto. Dentro dos primeiros 2-4 meses após os ataques atômicos, os efeitos agudos das explosões mataram entre 90 mil e 166 mil pessoas em Hiroshima e 60 mil e 80 mil seres humanos em Nagasaki; cerca de metade das mortes em cada cidade ocorreu no primeiro dia. Durante os meses seguintes, vários morreram por causa do efeito de queimaduras, envenenamento radioativo e outras lesões, que foram agravadas pelos efeitos da radiação. Em ambas as cidades, a maioria dos mortos eram civis, embora Hiroshima tivesse muitos militares.

Em 15 de agosto, poucos dias depois do bombardeio de Nagasaki e da declaração de guerra da União Soviética, o Japão anunciou sua rendição aos Aliados. Em 2 de setembro, o governo japonês assinou o acordo de rendição, encerrando a Segunda Guerra Mundial. O papel dos bombardeios na rendição do Japão e a sua justificação ética ainda são pontos debatidos entre acadêmicos e na sociedade.

04 – “SISMO E TSUNAMI DO OCEANO ÍNDICO – 26/12/2004

tsunami tailandia

O sismo e tsunami do Oceano Índico de 2004 foi um terremoto/sismo submarino que ocorreu às 00:58:53 UTC de 26 de dezembro de 2004, com epicentro na costa oeste de Sumatra, na Indonésia. O terremoto é conhecido pela comunidade científica como terremoto de Sumatra-Andaman.1 2

O terremoto foi causado por uma subducção que desencadeou uma série de tsunamis devastadores ao longo das costas da maioria dos continentes banhados pelo Oceano Índico, o que causou a morte de mais de 230 mil pessoas em 14 países diferentes e inundou comunidades costeiras com ondas de até 30 metros de altura.3 Foi um dos mais mortais desastres naturais da história. Em número de vítimas, a Indonésia foi o país mais atingido, seguida por Sri Lanka, Índia e Tailândia.

Com uma magnitude de entre 9,1 e 9,3, foi o terceiro maior terremoto já registrado em um sismógrafo. Este sismo teve a maior duração de falha já observada, entre 8,3 e 10 minutos. Isso fez com que o planeta inteiro vibrasse em um centímetro4 e deu origem a outros terremotos em pontos muito distantes do epicentro, como o Alasca, nos Estados Unidos.5 Seu hipocentro foi a cerca de 30 km de profundidade e o epicentro situou-se entre Simeulue e Samatra.6

A situação de muitos povos e países afetados em todo o mundo provocou uma resposta humanitária. Ao todo, a comunidade mundial doou mais de 14 bilhões de dólares em ajuda humanitária.

05 – WORLD TRADE CENTER WTC – 11/09/2001″

WORLD TRADE CENTER

O World Trade Center (WTC) é um complexo de edifícios na região de Lower Manhattan, Nova Iorque, Estados Unidos, em substituição ao complexo original de sete prédios que anteriormente existia no local com o mesmo nome. O WTC original, caracterizado por marcantes torres gêmeas, foi inaugurado em 4 de abril de 1973 com 110 andares, e destruído durante os ataques de 11 de setembro de 2001, juntamente com o World Trade Center 7. Os outros edifícios do complexo foram danificados nos ataques e suas ruínas foram então demolidas. O local está sendo reconstruído com cinco novos arranha-céus e um memorial para as vítimas dos ataques. Em novembro de 2011, apenas um arranha-céu já havia sido concluído; os outros quatro estão previstos para serem concluídos até 2020. O One World Trade Center será o principal edifício do novo complexo,1 que se tornou o edifício mais alto da cidade de Nova York em 30 de abril de 2012 e está previsto para ser concluído até 2013. Uma sexta torre para o complexo ainda aguarda confirmação.

No momento da sua conclusão, o World Trade Center 1 (Torre Norte) e World Trade Center 2 (Torre Sul) originais, conhecidos em conjunto como “Torres Gêmeas”, eram um dos edifícios mais altos do mundo. Os outros edifícios incluídos no antigo complexo eram o WTC 3 (o Marriott World Trade Center), WTC 4, WTC 5, WTC 6 e WTC 7. Todos estes edifícios foram construídos entre os anos de 1975 e 1985. O custo da construção foi de 400 milhões de dólares. O complexo, localizado no coração do centro financeiro de Nova York, tinha 1 240 000 metros quadrados de espaço de escritórios.2 3

O World Trade Center passou por um incêndio em 13 de fevereiro de 1975, um atentado a bomba em 26 de fevereiro de 1993 e um assalto em 14 de janeiro de 1998. Em 1998, a Autoridade Portuária de Nova York e Nova Jersey decidiu privatizar o complexo, ao arrendar os edifícios para uma empresa privada gerenciar e o escolhido com o contrato foi a Silverstein Properties em julho de 2001. Na manhã de 11 de setembro de 2001, sequestradores membros da organização fundamentalista islâmica al-Qaeda colidiram dois jatos Boeing 767 contra as Torres Gêmeas do complexo, em um ataque terrorista coordenado. Depois de queimar por 56 minutos, a Torre Sul (WTC 2) desmoronou, seguido depois de meia hora pela Torre Norte (WTC 1), resultando em 2.753 mortes.4 Os escombros das torres, combinados aos incêndios que os destroços iniciaram em vários edifícios vizinhos, levou ao colapso parcial ou completo de todos os outros edifícios no complexo e causou danos maiores a dez outras grandes estruturas na zona próxima. O processo de limpeza e recuperação no local do World Trade Center levou oito meses.

Nos anos seguintes, os planos para um reconstruir o World Trade Center começaram a tomar forma. O primeiro prédio novo no local foi o World Trade Center 7, inaugurado em maio de 2006. A Lower Manhattan Development Corporation (LMDC), empresa criada em novembro de 2001 para supervisionar o processo de reconstrução, organizou competições para selecionar um projeto para um memorial. O projeto “Fundações da Memória”, de Daniel Libeskind, foi selecionado como o plano diretor, mas depois passou por mudanças substanciais. O novo complexo do World Trade Center irá incluir o One World Trade Center, além de três outros arranha-céus de escritórios e o Memorial & Museu Nacional do 11 de Setembro.

OBSERVAÇÃO DE NANNO NASCIMENTO….. Feliz, ou infelizmente, essas são apenas cinco das grandes tragédias mundiais que eu considero catastróficas no mundo desde que nos conhecemos como seres humanos. Mas isso nem chega perto, 2% se quer do que nosso mundo, nosso planeta, nosso povo já sofreu com momentos trágicos da nossa história. E o pior é que isso não para, seja pelas mãos dos homens, ou seja pela força da natureza….vontade e permissão de Deus…eu não sei….. talvez sim, talvez não. O que sei é que nós, seres humanos, somos responsáveis (de alguma forma) por tudo aquilo que acontece com a gente (direta ou indiretamente).
Somos uma raça covarde (que se julga única e corajosa demais), acreditamos que somos invencíveis, onipotentes…e esquecemos sempre que à um Ser muito, mas muito maior do que nós e do que qualquer outra coisa….DEUS…..
Enquanto o ser humano se achar o “centro do universo”, o mundo vai continuar sofrendo por isso, grandes tragédias e catastróficos momentos, que mesmo assim, ainda não serão o bastante para nos colocarmos em nossos lugares de verdades….serão apenas mais e mais um momento registrado nos “livros de história”.
Ou colacamos Deus em primeiro lugar sempre….ou Deus sempre continuará colocando a gente no lugar onde devemos estar…sob sua regência e magnitude!!!

FONTE: https://pt.wikipedia.org

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s