Homenagem

HOMENAGEM Á “ANA MARIA BRAGA”

Ana Maria Braga - CSNN-Coluna Social Nanno Nascimento

Ana Maria Braga Maffeis (São Joaquim da Barra, 1 de abril de 1949) é uma apresentadora de televisão e jornalista brasileira.

Filha do italiano Natale Giuseppe Maffeis, nascido em Albano Sant’Alessandro (Bérgamo)[1] e Lourdes Braga, começou sua carreira de jornalista na imprensa escrita, colaborando em revistas de moda. Os primeiros trabalhos foram na revista Cláudia e apresentando o Rede Tupi de Notícias na extinta Rede Tupi. Alcançou a fama durante o período em que trabalhou na Rede Record, onde apresentava o programa Note e Anote e o talk-show Programa Ana Maria Braga (nos mesmos moldes do programa da Hebe Camargo). Desde 1999 apresenta o Mais Você, na Rede Globo. Antes de se tornar jornalista, se formou em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), Campus de São José do Rio Preto[2], especializando-se em Zoologia pela mesma universidade.

Ana Maria Braga - CSNN-Coluna Social Nanno Nascimento

Teve câncer e ao ser debelada a doença, voltou a apresentar o programa sem os cabelos, resultado comum da quimioterapia. Foi um programa que emocionou o público, com os colaboradores vestindo uma camiseta onde estava escrito “time da guerreira”.

Em 1998 lançou sua própria revista feminina, Utilíssima, e uma revista em quadrinhos, transcrevendo-a e a pessoas próximas a ela, como o ex-marido Carlos Madrula, em personagens (Aninha, Carlinhos, Louro José, Maria Coruja, Lena, Mirna, entre outros).

Ana Maria Braga - CSNN-Coluna Social Nanno Nascimento

Filha única, passou a infância e a adolescência estudando em internatos no interior de São Paulo. Na adolescência, disposta a fazer faculdade, fugiu de casa e começou a trabalhar para poder se formar bióloga[3] pela Universidade Estadual Paulista, em São José do Rio Preto. Com o diploma em mãos, Ana Maria transferiu-se para a capital paulista para fazer especialização na sua área, mas para pagar os estudos, ela conseguiu um emprego na extinta TV Tupi onde apresentou telejornais, shows e estreou num programa feminino ao vivo.

Ana Maria Braga - CSNN-Coluna Social Nanno Nascimento

Disposta a investir num novo segmento, Ana cursou a faculdade de jornalismo. Com o fim da TV Tupi, Ana Maria foi assessora de imprensa e diretora comercial das revistas femininas da Editora Abril.

Longe das telas da televisão por mais de dez anos, Ana Maria voltou, em 1992, e por sete anos dirigiu, produziu e apresentou o programa “Note e Anote” na Rede Record. Esse programa lhe rendeu muitos prêmios e até um título no Guiness Book de maior permanência no ar.

Ana Maria Braga - CSNN-Coluna Social Nanno Nascimento

Ana Maria foi para a Rede Globo em julho de 1999, semanas depois ter divergências com a direção da Rede Record e estreou o programa “Mais Você” no dia 18 de outubro, ao lado do fiel companheiro o Louro José.

A estrutura básica do programa é a apresentação de receitas culinárias e artesanato. Atualmente, o programa está mais jornalístico, entrevistando artistas e debatendo as principais notícias do dia. A marca registrada é a mensagem do dia, texto escolhido pela apresentadora que tem como objetivo alavancar a auto-estima dos telespectadores.

Ana Maria Braga - CSNN-Coluna Social Nanno Nascimento

O auxiliar, o Louro José, fantoche em forma de papagaio, controlado por Tom Veiga, inicialmente mero figurante num dos quadros do “Note e Anote”, a disputa de pegadinhas (adivinhações). Fez tanto sucesso que acompanhou a apresentadora na migração para a Rede Globo. Atualmente o Louro José está presente em todo o programa, inclusive com matérias especificamente preparadas para ele. As cadelas de estimação de Ana Maria Braga, “Belinha” e “Sombrinha” também fazem parte e desfilam por todo o cenário durante o programa.

A apresentadora tem dois filhos, Mariana e Pedro Maffei fruto do relacionamento com o ex-marido, o economista Eduardo de Carvalho. Recentemente a apresentadora se separou do empresário Marcelo Frisoni, homem muitos anos mais jovem que ela, com quem tinha se casado em regime de comunhão total de bens.

Ana Maria Braga - CSNN-Coluna Social Nanno Nascimento

Após sair da Rede Record e ir à Rede Globo, dizia apaixonada pelo que faz, se considera uma mulher realizada.[carece de fontes?] Ela trabalha cerca de 15 horas por dia, mas dorme tranqüila com a sensação do dever cumprido.

Sobre religião, a apresentadora se declara católica e que reza à Nossa Senhora.

Em 2003, meses depois de separar do economista Eduardo de Carvalho, Ana Maria apareceu em uma foto, dando “selinho” (beijo na boca) na cantora Simone. Surgiram boatos que a apresentadora se divorciou do marido depois de virar lésbica. Porém Ana Maria e Simone negaram qualquer envolvimento pessoal, alegando que o que fizeram foi “por brincadeira”. Desde que se mudou para o Rio de Janeiro, Ana Maria e Simone são vizinhas.

Ana Maria Braga - CSNN-Coluna Social Nanno Nascimento

Em 24 de novembro de 2008, depois da morte de Marcelo Silva, então recém-separado de Susana Vieira, Ana Maria chamou Marcelo Silva de “cafajeste” enquanto o Mais Você era transmitido ao vivo. Familiares do falecido processaram a apresentadora pela declaração insultosa.[carece de fontes?]

Em 2009, em meio à troca de apresentadores entre alguns canais de televisão, integrantes do programa Pânico na TV fizeram um trote telefônico em Ana Maria, que entrou na Justiça pedindo a proibição da veiculação da gravação. [carece de fontes?]

Ana Maria Braga - CSNN-Coluna Social Nanno Nascimento

Em 23 de junho de 2010 afirmou ao final de seu programa: “Não tenho vergonha de nenhuma das minhas escolhas”, referente a revista Quem que publicou uma fonte que afirma que Ana teve um caso com o seu instrutor de dança para o quadro Dança dos Famosos, do Domingão do Faustão. Depois de ler o comunicado que enviou à imprensa na noite de terça-feira, Ana Maria ameaçou processar a revista, os jornalistas e seus editores. “Eles terão que provar na justiça que isso é verdade”.

Ana Maria Braga - CSNN-Coluna Social Nanno Nascimento

A Ana Maria, apesar de eu ainda não ter tido o imenso prazer e grandíssima honra de conhecê-la pessoalmente, é uma mulher que sempre admirei, como ser humano e profissional. Sempre acompanhei sua carreira, e desde então, tomei sua imagem como ponto crucial, uma linha imaginária de incentivo e espelho para construção de minha carreira! Não posso negar, é claro, meu grande sonho de um dia muito breve, poder entrevistá-la, porém, confesso humildemente, que honra maior seria ser entrevistado por essa altíssima “Dama” da televisão brasileira!

Parabéns Ana, Louro e toda a equipe do programa Mais Você, que sem a menor sombra de dúvida, hoje em dia, faz uma grande diferença na nossa atual programação brasileira de televisão!

NANNO NASCIMENTO!!!

HOMENAGEM Á “REYNALDO GIANECCHINI”

 É com muita honra e imenso prazer que o site/blog: CSNN trás essa homenagem ao grande ator “Reynaldo Gianecchini“. Confiram:

Sua estreia como ator foi no teatro com a peça Cacilda. Em 2000, atuou em sua primeira novela, Laços de Família, na qual viveu o protagonista Eduardo, um jovem médico recém-formado que se envolve em um triângulo amoroso entre Helena (Vera Fischer) e Camila (Carolina Dieckmann) ,mãe e filha, tendo sido muito criticado na época pela sua atuação. Em seguida, participou da novela As Filhas da Mãe, como Ricardo, homem que descobre-se apaixonado pelo amigo de trabalho Dagmar, de Cláudia Jimenez, e depois vem a saber que na verdade trata-se de uma mulher.

Depois de um início conturbado por críticas ao seu trabalho, com mais experiência e estudo, tem sido respeitado e até elogiado em suas atuações na televisão e no teatro.

Em 2002, protagonizou a novela Esperança, ao lado de Priscila Fantin e Ana Paula Arósio, recebendo o Prêmio Master de Melhor Ator pelo trabalho feito. Simultaneamente, participou do longa Avassaladoras, no papel do Don Juan Thiago. Em 2003, fez uma participação especial no último capítulo da novela Mulheres Apaixonadas e , em 2004, protagonizou o grande sucesso do horário das sete, Da Cor do Pecado, vivendo os gêmeos Paco e Apolo. Pela sua atuação, recebeu o Prêmio Contigo! de Melhor Ator.

Mas foi em 2005, que o ator viveu o melhor momento de sua carreira até então, quando encarnou o atrapalhado mecânico Paschoal, de Belíssima, mostrando a sua versatilidade e o seu lado cômico. Na trama, sua personagem formou par romântico com a fogosa Safira, de Cláudia Raia, e juntos o casal demonstrou bastante química. Pelo trabalho recebeu o Prêmio Qualidade Brasil e o Troféu Leão Lobo, ambos na categoria de Melhor Ator Coadjuvante. Ao mesmo tempo, encenou a peça Vossa Excelência, o Candidato, sendo bastante elogiado.

Em 2007, viveu mais um protagonista na televisão, o Dante de Sete Pecados, ao lado das atrizes Priscila Fantin e Giovanna Antonelli. Na trama, viveu um taxista pobre, casado com a humilde Clarice, que acaba por se envolver com a ex-colega de escola Beatriz. O par formado entre Dante e Beatriz tiveram tanta química juntos que fez sucesso a música de Marisa Monte, Não Quero Ver Você Triste, nas rádios de todo o Brasil. Foi também nesse ano, que encarnou no cinema a personagem que na televisão fora vivido por Tony Ramos, o Jorge do filme Primo Basílio.

Em 2008, recusou convite para participar da novela Negócio da China, alegando estar ocupado com a peça Doce Deleite, juntamente com Camila Morgado. Ainda esse ano, protagonizou o longa Sexo com Amor?. Depois, em 2009, foi convidado a viver um personagem homossexual na minissérie Cinquentinha. O personagem na verdade seria um vilão, e por esse motivo recusou ao convite, já que havia se comprometido com o autor Sílvio de Abreu, a participar de sua próxima novela, Passione, na pele de um dos antagonistas principais. No cinema, ainda viveu o protagonista do filme Entre Lençóis, como Roberto, homem que conhece uma mulher que está a um dia do casamento, e em uma noite intensa de amor e conversa, tenta convence-la a não se casar. Também esteve presente no filme Divã, adaptação com sucesso da peça homônima para o cinema.

Formou-se em Direito pela PUC de São Paulo em 1997, não tendo prestado, entretanto, o exame da OAB.

Foi casado com a jornalista e apresentadora Marília Gabriela até 27 de outubro de 2006, quando sua assessoria de imprensa anunciou a separação.

Desde o fim do casamento, ele não assumiu nenhum outro relacionamento.

Entre 2010 e 2011 esteve no elenco da telenovela brasileira da Rede Globo Passione cuja interpretação é de um antagonista: Fred.

Em 1 de agosto de 2011, Reynaldo foi internado no Hospital Sírio-Libanês em São Paulo para cuidar de uma faringite crônica que, tratada com antibiótico, provocou uma forte reação alérgica. Exames subsequentes, entretanto, detectaram um linfoma não Hodgkin, do tipo linfoma de células T angioimunoblástico.[1][2]

No meio do furacão em descobrir que o amigo e parceiro de trabalho estava doente, Claudia Raia teve que tomar uma decisão prática: escolher um substituto para Reynaldo Gianecchini no musical “Cabaret”, que eles iriam estrelar juntos e que tem estreia prevista para outubro.

Ao saber que Giane estava doente, a atriz e o produtor Sandro Chaim conversaram longamente e resolveram testar alguns atores para o papel. A escolha recaiu sobre Guilherme Magon, de 25 anos, e que atualmente está em cartaz com o musical “Mamma Mia”. Eles optaram por Guilherme justamente por ele não ser um rosto conhecido do grande público. O resultado da escolha foi comunicado ao ator na terça-feira, 16, e ele e Claudia já começaram a ensaiar.

A estreia de “Cabaret” continua prevista para outubro no Teatro Procópio Ferreira, em São Paulo. Claudia vai viver o mesmo papel interpretado por Liza Minnelli, no filme de 1972.

Em tempo, Reynaldo Gianecchini faz sua primeira sessão de quimioterapia nesta segunda-feira, 22, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, para tratar o câncer linfático – linfoma T angioimunoblástico.

Além do apoio da família, o ator tem recebido o carinho e visitas constantes da ex-mulher, Marília Gabriela, e da atriz Cláudia Raia, que esteve segunda no hospital para acompanhar o início do tratamento do amigo.

O “CSNN” Coluna Social Nanno Nascimento, e princialmente eu, como fã e grande admirador do ator, ficaremos na imensa torcida pela luta de Reynaldo Gianecchini contra essa doença, e assim, desta forma, podermos tê-lo logo em nossas telinhas e também sobre os palcos dos grandes teatros para aplaudí-lo como sempre foi!

FONTES: Ego-Notícias/Wikipédia

NANNO NASCIMENTO

O “CSNN” homenageia nesta edição a bela e grande atriz “Déborah Secco”

Homenagem Déborah Secco – www.colunasocialnannonascimento.wordpress.com

Deborah nasceu em uma família de classe média baixa, filha de Sílvia Regina Fialho, dona-de-casa, e de Ricardo Secco, professor de matemática, e tem dois irmãos, Ricardo e Bárbara.

Aos 8 anos de idade, estreou na TV fazendo publicidade; aos 10 anos, encenou seu primeiro espetáculo, Brincando de Era uma Vez; e, aos 11 anos, atuou em sua primeira novela, Mico Preto, da Rede Globo. Pelos próximos quatro anos, dedicaria-se ao teatro, e, faria participações especiais em seriados e minisséries da Globo.

Enquanto atuou em peças, como Sapatinhos Vermelhos, que lhe rendeu a indicação ao Prêmio Coca Cola de Teatro, na categoria de Melhor Atriz Revelação, na televisão participou dos episódios “Tabu” e “Mamãe Coragem”, do programa Você Decide, além do especial infantil da Escolinha do Professor Raimundo, em comemoração ao Dia das Crianças, ambos em 1992. Em seguida, fez uma participação especial na minissérie Contos de Verão e esteve na montagem da peça O Soldadinho de Chumbo. Depois, encenou A Roupa Nova do Imperador, de 1994, quando transferiu-se para a TV Cultura, onde protagonizou o seriado Confissões de Adolescente, na pele da esperta Carol, trabalho que a catapultou para a fama, lhe garantiu fama e reconhecimento, e lhe valeu o Prêmio da APCA na categoria de Atriz Revelação.

Em 1995, retornou à Globo, onde permanece até os dias atuais com contrato exclusivo de artista do primeiro escalão, e atuou em sua primeira novela do horário nobre, A Próxima Vítima. Em 1996 encarnou a espivitada Bárbara da novela Vira-Lata, que durante boa parte da trama faz-se passar por menino, atendendo pelo nome de Tatu. Posteriormente, despontou na novela Zazá, como Dora, neta da protagonista vivida por Fernanda Montenegro, e, em 1998, atuou em sua primeira novela das seis, Era Uma Vez, como Emília, garota travessa que mora no interior.

Em 1999, participou da novela Suave Veneno, como a maria-chuteira Marina. Devido ao grande sucesso de sua personagem, que exbanjava sensualidade e beleza, posou pela primeira vez para a edição brasileira da revista Playboy, na edição de aniversário de 24 anos da revista, em agosto daquele ano.

Em 2000, viveu a sua primeira vilã em novelas, a Íris de Laços de Família. A personagem a consagrou no horário nobre, acarretando assim, uma imensidão de fãs e admiradores por seu trabalho, muito elogiado pela crítica, até então, em todo o território nacional.[carece de fontes?] Devido ao enorme sucesso de sua última atuação, em 2001, ganhou sua primeira protagonista em novelas, a Cecília, de A Padroeira. No mesmo ano, se divorciou do diretor Rogério Gomes, com quem era casada desde 1997.

Deborah Secco em 2008.

Em 2002, viveu novamente uma vilã na TV, porém diferente da outra, a vampira Lara, papel que interpretou na novela O Beijo do Vampiro, é cômica e atrapalhada. Naquele ano, a mesma foi eleita a personagem de novelas mais querida pelos telespectadores. Por conta do grande apelo sensual e do grande destaque na novela por conta do sucesso de Lara, estampou a capa da Playboy na edição de aniversário de 27 anos da revista, em agosto daquele ano.

Em 2003, integrou o elenco da novela Celebridade, na pele de Darlene Sampaio, garota engraçada e sensual, que tinha como objetivo a fama a qualquer custo e aparecer em capas de revistas. Em 2005 encarnou a sua primeira protagonista do horário nobre, a sonhadora Sol de América, uma mulher que tem como objetivo ganhar a vida nos Estados Unidos, mesmo que seja como imigrante ilegal.

No ano seguinte, participou do quadro Dança no Gelo, do programa Domingão do Faustão, ficando em terceiro lugar. Na metade desse quadro, fraturou duas costelas. Ainda neste ano, interpretou a sua terceira protagonista e ao mesmo tempo sua terceira vilã, a perversa Elizabeth, de Pé na Jaca. Em 2007 fez uma participação especial na novela Paraíso Tropical, como a prostituta Betina, amiga da vilã Bebel, de Camila Pitanga, que aparece somente para atrapalhar o casamento do vilão Olavo, de Wagner Moura, com Alice, de Guilhermina Guinle.

Em 2008, co-protagonizou a novela A Favorita, onde viveu a retirante ambiciosa e dissimulada Maria do Céu, moça de origem humilde que não aceita sua condição e faz de tudo para subir na vida. Depois de ser muito criticada em suas duas últimas atuações em novelas, foi bastante elogiada durante seu trabalho nesta novela.

Depois de dois anos morando juntos, no dia 6 de junho de 2009 casou-se com o jogador de futebol Roger Flores em Itaipava, região serrana do Rio de Janeiro, em uma cerimônia discreta. O casal se separou em março de 2010., porém reataram algum tempo depois.

Em 4 de março de 2010, a Folha Online publicou um artigo a respeito de uma denúncia do Ministério Público do Brasil, acusando Deborah Secco e outras 86 pessoas por improbidade administrativa. A denúncia, acatada pelo juiz do estado do Rio de Janeiro, descreve irregularidades na participação de Deborah Secco em propagandas dos governos de Anthony e Rosinha Garotinho, com os quais cinco familiares de Deborah teriam se envolvido para, segundo a denúncia, se apropriar irregularmente de dinheiro público. Segundo o jornal O Globo, a denúncia indica que contas bancárias de Deborah Secco receberam pelo menos 158 mil reais em recursos públicos desviados num esquema comandado por seu pai. Segundo a defesa da atriz, Deborah Secco, os dois irmãos e a mãe foram usados pelo pai dela, o empresário Ricardo Ribeiro Secco, como “laranjas“, sem seu consentimento; eles afirmaram não ter conhecimento das contas bancárias para onde foram desviados R$ 894 mil do golpe. Deborah e sua família tiveram todos os bens bloqueados por decisão da justiça.

Ainda no mesmo ano, ela encenou a peça “Mais Uma Vez Amor”, juntamente com Erom Cordeiro, e ainda participou das filmagens do curta metragem Assim Como Ela, de Flora Diegues. No Final do ano, ela voltou com a série As Cariocas, sendo a penúltima protagonista da série como Alice, uma mulher que quer viver tudo intensamente no episódio A Suícida da Lapa.

Em 2011, estrelou o filme de uma ex-prostituta Bruna Surfistinha: O Doce Veneno do Escorpião. Ainda neste ano, a atriz foi a segunda brasileira mais pop da internet, devido a estréia do filme e a personagem da novela, que caiu nas graças do público, a atriz pulou do nono lugar para o segundo, ficando atrás somente da presidente Dilma, no mês de Janeiro.

Atualmente ela interpreta uma das protagonistas da novela Insensato Coração, a personagem cômica Natalie Lamour.

 

FONTE: Wikipédia.org.com

Por:

NANNO NASCIMENTO!

15 Comentários

  1. adoro vc eduardo costa sou sua super fa beijos para todos vcs

  2. adoro todos os teus shows eu sou sua fa nomero 1

  3. Legal….

  4. Fico feliz pelo sucesso de voces…. Que Deus lhes abençoe pra que cada vez mais vcs tenham muita prosperidade…. Bjs….

  5. Nossa muito legal esse seu trabalho…
    Fiquei muito feliz em ver o Arinos (Nim), a Anita e a Adriana (Tucca) nesse site
    vou estar sempre aqui pra ver o que mais que vai ter de interessante…
    Beijão
    By:Ana Laura

  6. …muito bom saber que pessoas como vc eleva as perspectivas de bom gosto nessa empreitada de novos talentos, assim com você fazemos parte da nova geração de pessoas que lutam para defender um espaço que os sonhos farão parte da vida real, sucesso sempre meu garoto!!!

    • Obrigado meu querido, td bom! Abraços de Nanno Nascimento!!!

  7. Otimo Trabalho kra😀

    • Obrigado Kayo! Grande abraço de Nanno Nascimento e que vc acesse sempre nosso site!

  8. Amei amei as fotinhas…
    To esperando pelas do carnaval nas quais eo estou… hehe

    bjaoo.. ♥

    • Oh meu anjo azul, brigadinho pelo comentário aqui no nosso site! Espero que continue acessando sempre! Bjs e abraços de Nanno Nascimento!!!

  9. parabens !!! suas fotos estão lindas e seu site é bem diversificado. amei a foto com a minha amiga do coração, flavia gomes. rapaz um grande abraço e sucesso! vc tem potencial!

    • Olá Márcia, tudo bem? Obrigado pelo comentário sobre meu álbum de fotos! É, realmente a Flávia (vice-prefeita) é uma pessoa muito especial pra mim também! Adooooro muito ela! Seja sempre bem vinda ao nosso site, uma ótima semana pra ti, família e amigos! Grande abraço de Nanno Nascimento!!!

  10. NANNO, ACHEI VC AKI POR ACASO,PQ ESTAVA FAZENDO UMA PESQUISA E VI COISAS SOBRE A LOJA ÉD+, E COMO TO SEMPRE NA LOJA FUI VER E VI O SEU TRABALHO Q É FANTÁSTICO. TE CONHECIA POUCO ( PELA LOJA , DO VITÓRIA NONINO) MAS SEMPRE TE ACHEI TÁO SIMPÁTICO, CARISMÁTICO, E AGORA VC CONQUISTOU MINHA ADMIRAÇÃO , PQ VC É UMA PESSOA QUE BUSCA O Q QUER E ISSO É ADMIRÁVEL, VC É VENCEDOR !!!!!! VLW E BJS………AH, E CONTINUE ASSIM..HEHEHE……


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Agenda

    • dezembro 2016
      S T Q Q S S D
      « fev    
       1234
      567891011
      12131415161718
      19202122232425
      262728293031  
  • Pesquisar